sábado, 30 de abril de 2016

Review | Uma triste experiência...

Olá =)

Espero que estejam bem!

Hoje resolvi contar-vos a minha experiência com o Intensely revitalising facial oil da The Body Shop, e assim voltar aos posts de reviews.


Sabem quando ficam extremamente contentes por terem acesso a amostras, e assim evitar gastar dinheiro em algo que não resulta convosco? Este é um desses casos!

Quando a linha Oils of Life foi lançada, a marca fez várias campanhas de distribuição de amostras e, algumas dessas eram grandes como a que a minha mãe recebeu numas compras que fez!
Como eu andava muito curiosa com o óleo da gama, fui a cobaia cá em casa! O que resultou em algo que correu mal, porque desenvolvi uma grande reacção alérgica! Mas, ainda antes de ir a esta parte vou dizer-vos o que achei do óleo.
O óleo tem um cheiro agradável e é muito fácil de utilizar. Duas gotas são suficientes para a face toda, e o produto é rapidamente absorvido pela pele deixando-a hidratada. 

No meu caso, a coisa correu mal porque um dos constituintes do produto é óleo de alecrim e eu sou alérgica a ele! Não só a ele, mas também ao óleo de rosmaninho. Ora se eu soubesse que era alérgica nem o tinha usado, mas isto acabou por servir de abre olhos porque anteriormente também tinha desenvolvido uma reacção alérgica a óleos com estes constituintes. Moral da história: agora antes de comprar um produto investigo muito bem os seus constituintes.

Se têm tendência a alergias, investiguem muito bem os constituintes deste produto e na dúvida peçam amostras numa loja. Se não fosse a reacção alérgica, eu compraria este produto!

Onde comprar? Lojas The Body Shop

Já utilizaram este produto? 

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Shopaholic | As compras do mês # 3

Olá =)

Espero que estejam bem!

Ainda não é desta que trago uma review, apesar de elas estarem acumuladas nos rascunhos. Antes de recomeçar nos posts com reviews, quero mostrar o que comprei nos últimos tempos e fazer um balanço de como me tenho portado em relação às compras...

Nos últimos tempos, eu tenho tentado comprar menos produtos de maquilhagem e de cosmética. Para isso, para além de me ter munido de uma grande força de vontade, fiz uma "vistoria" às minhas gavetas para ver o que tinha e o que me fazia falta (no caso de existir essa possibilidade). Nesta aventura, acabei por descobrir produtos estragados que acabaram no lixo :( Esta aventura diária, também tem servido para acabar produtos e, acima de tudo tem sido útil para economizar uns euros. A verdade é que tenho aprendido umas coisas, que noutro post partilharei convosco, e que me têm feito ver as coisas com outros olhos.
Após este ponto de situação, vamos então ver o que comprei nos últimos tempos.


Com a chegada ao fim de alguns produtos (sérum, protector solar e champô para a dermatite seborreica) resolvi ir à Skin fazer compras e aproveitar uma série de promoções que estavam em vigor. Para além do sérum, do protector solar e do champô, ainda comprei o blender cleanser da beauty blender e a dermablend da Vichy. O sabonete para lavar a esponja comprei para garantir a total limpeza da mesma (elimina as manchas todas), e a base comprei porque li que tinha um grande poder de cobertura (facto que já pude comprovar) e já acabei algumas bases (que não volto a comprar).



Aproveitando as promoções da Livraria SolMar, perdi completamente a cabeça e comprei 3 livros. O Monte dos Vendavais já estava debaixo de olho à anos, mas nunca o encontrava à venda quando me decidia a ir comprá-lo por isso acabei por sucumbir a ele quando o vi :p
Ainda em promoção comprei duas máscaras de pestanas, da Catrice (2 pelo preço de 1) na Central dos Cabelos, e por fim adquiri um batom líquido da mesma marca. Posso já adiantar, que adoro estes 3 itens!

Já usaram algum destes produtos? Quanto aos livros, já leram algum deles?

terça-feira, 26 de abril de 2016

Só mimos # 2

Olá =)

Espero que estejam bem! 

Este post era para ter saído ontem, mas a verdade é que tive uma grande crise de enxaqueca e não consegui estar sentada ao computador a escrever. Nos próximos tempos tenciono abordar várias temáticas aqui no cantinho, porque a verdade é que eu não sou a mesma pessoa que, em conjunto com a Inês fundou este espaço. Mas bem, isto são assuntos para falar noutro momento e por isso vou focar-me no post de hoje. O post de hoje vai ser rápido, e serve apenas para vos mostrar um produto que recebi da Mama Nature. Para quem não conhece, a marca vende produtos naturais, e que vos chegam às mãos frescos e recém-preparados.

Após muita pesquisa de ingredientes devido às minhas alergias (assunto para falar noutro post), finalmente escolhi um produto que me despertou muita curiosidade: Honey I Shrunk My Pores Natural Rejuvenating Face Mask. 


O produto chegou muito bem embalado, com almofadas de plástico a proteger a caixa da máscara.


A máscara veio dentro de uma caixa, onde estava assinalada a data de produção do produto, e a embalagem veio dentro de um plástico fechado a vácuo.



Quanto ao produto propriamente dito, posso dizer que tem um agradável cheiro a citrinos que me fez lembrar uma mistura de limão com clementina. Devo dizer que tenho grandes expectativas em relação a esta máscara, e já a usei duas vezes. Dado o seu potencial vou levar um bom tempo a testá-la, para fazer uma review o mais pormenorizada possível. Como os meus poros estão gigantes, vou ter a oportunidade de ver se funciona ou não :)

Já conheciam este produto? Usam produtos para diminuir os poros? Se sim, quais?

sábado, 23 de abril de 2016

Review | Opinião literária # 1

Olá  =)

Espero que estejam bem!

Eu jurei a mim mesma, que só havia de voltar a escrever quando tivesse a cabeça completamente organizada e, quando tivesse acabado de ler o livro Viver depois de ti (ou Me Before You, no original) da Jojo Moyes. Muita coisa aconteceu pelo meio, como por exemplo, o facto de eu já ter carta de condução :) O facto é que estou a fazer um esforço para regressar a sério, e a fazer posts com mais frequência... Ainda vou levar um tempinho a pôr em dia comentários e e-mails, e por isso peço-vos um pouquinho mais de paciência. 

Ora bem, vamos então ao que aqui me trouxe hoje: a review do livro! Preparem-se para um post muito longo, pois este livro é mais complexo do que à primeira vista possa parecer.

Para quem não sabe, ou não se lembra, tudo começou quando descobri o trailer do filme Me Before You...


(este é um trailer mais recente, e que mostra um pouco mais do filme...)

Após ter visto o trailer, eu descobri que o filme era baseado num livro com o mesmo nome. Ora, como fiquei interessada no filme pensei "tenho que ler o livro, antes do filme estrear". Corri livrarias, e nunca encontrei o livro. Deixei passar mais uns dias, e voltei a percorrer as livrarias (não se fosse dar o caso de o livro chegar às mesmas) sem sucesso. Conclusão: tive que o encomendar online.



Sinopse
"Lou Clark sabe muitas coisas. Sabe quantos passos deve dar entre a paragem do autocarro e a sua casa. Sabe que trabalha na casa de chá The Buttered Bun e sabe que não está apaixonada pelo namorado, Patrick. O que ela não sabe é que vai perder o emprego e que todas as suas certezas vão ser postas em causa.
Will Traynor sabe que o acidente de motociclo lhe tirou o desejo de viver. Sabe que agora tudo lhe parece triste e inútil e sabe como pôr fim a este sofrimento. O que não sabe é que Lou vai irromper na sua vida com toda a energia e vontade de viver. E nenhum deles sabe que as suas vidas vão mudar para sempre.
Em Viver depois de ti, Jojo Moyes aborda um tema difícil e controverso com sensibilidade e realismo, obrigando-nos a refletir sobre o direito à liberdade de escolha e as suas consequências."

Quando o livro chegou, agarrei-o e comecei a ler! Dias depois, acabei-o e, pela primeira vez em muito tempo quis reler um livro. Eu recomendo-o, porque é uma história complexa e ao mesmo tempo leve e envolvente. Se querem saber mais pormenores, continuem a ler. Se não querem ver spoilers, podem parar por aqui e dizer-me se o livro vos deixou curiosas ou não ;)

Spoiler alert!!!
Este é um livro em que, cada palavra tem que ser saboreada e sentida. É um livro do qual é impossível fazer review, sem introduzir informações mais concretas sobre o mesmo. Aliás, o próprio título é o spoiler maior de todos (daqui a pouco retorno a este assunto).

Em primeiro lugar devo confessar, que até este livro nunca tinha lido nada da autora o que só por si era motivo para me deixar curiosa. Apesar de eu não ser muito esquisita com as temáticas dos livros que leio, não é qualquer escrita (ou a tradução da mesma) que me cativa. Posso dizer que, com este livro fiquei fã da sra Jojo Moyes. A escrita é fluída, e os personagens são cativantes (principalmente a Louisa e o Will). Após estas breves considerações, vamos à história propriamente dita.

A Clark (uma mulher divertida, e um pouco acomodada à vida familiar que tem) fica desempregada, e após muitos empregos falhados acaba por ir a uma entrevista para ser cuidadora de um homem tetraplégico, o Will (um homem que era muito activo antes de sofrer um acidente que o atirou para uma cadeira de rodas, e que vive mal com a sua nova condição). A Clark acaba contratada pela mãe do Will. 
Ao início a relação entre eles não é das melhores (muito por culpa do Will), mas com o passar do tempo as coisas melhoram e tornam-se amigos. Contudo (e é aqui que começa a parte ainda mais complexa da história), a Lou descobre que o Will pretende ir para a Suíça para a Dignitas. Para quem não sabe, a Dignitas é uma associação procurada pelas pessoas que pretendem um suicídio assistido. Sim, leram bem! O Will pretende por fim à vida,e a todo o sofrimento que vive desde que ficou tetraplégico. Quando o descobre, como é óbvio, ela não reage bem mas depois toma como missão fazer com que o Will mude de ideias. Ela acaba por organizar muitos programas para o fazer mudar de ideias, e pelo meio cresce muito. Deixa de ser acomodada, ganha coragem para acabar o namoro (que diga-se de passagem, está decrépito), o que é bom porque sinceramente o Patrick (o namorado) é a personagem mais enfadonha do livro. Aliás, só me apetecia dar-lhe chapadas.
Se a Clark evolui, também o Will (que deixa de ser rezingão, e torna-se mais mole e fofinho) e a relação entre eles. Aliás, podemos mesmo dizer que eles se apaixonam. Após muitas aventuras, muitos momentos engraçados e cómicos que amenizam as dificuldades do Will resultantes da sua condição de deficiente físico por momentos, parece que a Lou venceu e conseguiu fazê-lo mudar de ideias. 
Quanto ao fim, e se a Lou conseguiu ou não fazer o Will mudar de ideias, deixo para vocês descobrirem. Pequena dica: pensem no título do livro! Ora, o título do livro em português, é só das piores escolhas de títulos feitas. Pronto! Falei! A sério, este título tirou-me do sério!
Em resumo: adorei o livro e recomendo! A história não é aquele típico romance, pois envolve assuntos muito mais complexos e sérios. É um livro para se saborear calmamente, para rir e chorar. As personagens são apaixonantes, principalmente os "heróis". Acima de tudo é um livro, que serve para acordar consciências quanto a dois principais assuntos: pessoas com deficiência física (bem como todas as dificuldades que têm que enfrentar diariamente) e o suicídio assistido. Tenho a dizer que a Jojo foi uma verdadeira mestre na forma como abordou estas temáticas, fazendo-nos ver os dois lados da moeda.

Então despertei-vos a curiosidade? Contem-me tudo ;)

domingo, 3 de abril de 2016

Descobertas | Os mais queridos da semana # 5

Num dia, em que meia blogosfera deve estar algures na Expocosmética (não fossem uns imprevistos monetários, eu também lá estaria), eu finalmente ganhei vergonha na cara e resolvi voltar à escrita!

Os últimos tempos têm sido um emocionalmente conturbados. A verdade é que, parece que a cada dia que passa, mais mudanças têm ocorrido no meu interior. Isso tem-me feito deixar coisas tóxicas para trás. Até das redes sociais ando muito afastada, por isso basicamente é como se tivesse andado numa gruta porque também me tenho isolado do mundo físico... Além disso tenho também pensado em introduzir certas modificações aqui, como por exemplo tornar este espaço num cantinho em que se fala de tudo (ou quase tudo). 

Para o meu regresso, eu resolvi começar com algo leve e por isso hoje vou apenas falar daqueles itens que marcaram a minha semana.


Nestes dias, a hidratação na zona ocular foi extremamente necessária. O escolhido foi o creme da Eveline Cosmetics. Já usei umas quantas embalagens deste produto.


Para as mãos, nada como a latinha azul da Nivea. Este produto é um favorito de anos e anos. Acho que vou chegar aos 80 anos, e este ainda será o meu creme favorito :p


O cuidado dos lábios ficou a cargo do lip balm da Himalaya Herbals. Adoro-o!


Nos últimos dias, aproveitei para pôr a leitura em dia com vários livros. Este da Nora Roberts até foi interessante. Confesso que não é dos melhores que li dela, mas gostei.


A semana foi também marcada pelo uso do sabonete da Clinique, com o qual me tenho dado muito bem. O sérum da Less is More também foi uma constante, bem como a manteiga corporal de morango da TBS.


Este foi outro dos livros que li. É um livro de leitura compulsiva, e que nos faz querer investigar mais sobre os assuntos abordados. 


Por falar em leitura compulsiva, este foi um caso desses. Li-o num dia (ou devo dizer numa noite, e duas horas do dia seguinte?). É leve, divertido e adorei a personagem principal cuja sogra é uma bruxa (literalmente).

Já lerem algum destes livros? Já usaram algum destes produtos? Contem-me tudo, sem medos ;)