segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Confissões amalucadas, ou simples devaneios de segunda à noite # 1

Olá =)

Espero que estejam bem! Por estes lados tenho andado ocupada, sem inspiração e com uma internet armada em "diva"!

O post de hoje será talvez, dos mais pessoais que aqui já escrevi. Eu confesso que não sei o que me deu para escrevê-lo, só sei que senti a necessidade enorme de o fazer.

Começo por dizer-vos que nestes dias perdi a cabeça, comprei à maluca maquilhagem e livros (que novidade não é?). Mas, talvez tenham sido estes últimos que me trouxeram até aqui hoje.

Sabem as 50 Sombras de Grey? Pois é, perdi a cabeça e comprei o livro! Ou melhor, os livros todos (vá ao menos estavam com 25% de desconto imediato). Eu que nunca me interessei pelos livros, porque os achava muito soft. Aliás, vou a meio do primeiro livro e continuo a achá-lo soft. No entanto há algo que me faz não querer largá-lo! O que me leva a vários pontos, que podem não ter ligação entre si. 
Só estou a avisar, porque me deu para os devaneios.

1º Ponto: "Quem desdenha quer comprar!" Sim, leram bem. Tanto mal falei dos livros que acabei a comprá-los. O que me leva à conclusão que tenho que deixar de cuspir para o ar, porque vai-me cair em cima. 

2º Ponto: Até onde é capaz de ir uma mulher por amor? Sim! Não me venham cá com coisas, mas a verdade é que a paixão e o amor toldam-nos a mente e os sentidos. Eu sei que isto não é desculpa para tudo, mas tornamo-nos irracionais. Não venham com coisas do género "a mim, isso não acontece", porque o mais certo é já ter acontecido.

3º Ponto: Toda a mulher tem um Christian Grey na sua vida! Ou pelo menos, já teve! "Como é? A rapariga endoidou?".
Não levemos a coisa tão à letra! Não me refiro à parte de bondage e afins! Refiro-me sim, à parte de termos um homem que quer mandar em nós. Muitas podem nem notar, mas a verdade é que pequenas coisas como "ai, não gosto de te ver maquilhada", ou " essa saia é muito curta", são sinais de querer controlar o outro. Não me venham com, "ai, são os ciúmes dele a falar". Ora bolas, e desculpem os termos, mas a verdade é que ninguém é dono de ninguém! Não nos temos que submeter à vontade do outro se não quisermos.
Eu já tive um Christian Grey na minha vida! Não tenho problema nenhum em dizê-lo! Fiz coisas que acharia impensáveis, ultrapassei os meus limites. Sabem como acabei? No fundo de um poço psicológico! Mas tão fundo, que demorei anos a sair de lá! O que me leva ao ponto seguinte.

4º Ponto: Quando perdemos o amor-próprio, perdemo-nos! Sim, é a mais pura verdade! Quando o nosso amor-próprio e a nossa auto-estima são muito baixos aceitamos qualquer migalha, qualquer gesto que nos parece ser carinho ou amor. Quando acordamos desse sonho/pesadelo em que geralmente acabamos magoadas, muitas vezes estamos tão em baixo, que uma simples rajada de vento nos pode deitar ao chão. É nesse momento, que pensamos no porquê de termos agido de determinada forma.

5º Ponto: É o último! Temos que saber viver sozinhas, para podermos embarcar numa relação equilibrada com alguém. Só assim não embarcaremos em loucuras apaixonadas, relevando-nos para segundo ou terceiro plano.

Alguma coisa do que disse fez sentido?

4 comentários:

  1. Toda a mulher DESEJA um Cristian Grey na sua vida. O que anda por aí nem lá perto chega.
    Por estar tao perto dos sonhos das mulheres o livro tem tanto sucesso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes crer! Olha que eu ao inicio só queria esmurrar o Christian, mas depois... Ai ai, sonhar não paga imposto =)

      Beijinhos

      Eliminar
  2. epah, eu nunca li, e não tenciono ler... mas quero ver o filme xD

    (agora, os muffins coco não levam, mas podes sempre polvilhar por cima =P)

    xoxo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aquele filme vai ser muito interessante =)

      Acho que os vou polvilhar =)

      Beijinhos

      Eliminar