quarta-feira, 31 de julho de 2013

Livro Menina Rica, Menina Pobre

Olá minha gente =)

O post de hoje é sobre livros, mais concretamente sobre um livro que comprei por acaso. Nunca tinha ouvido nada sobre ele, e a primeira vez que o vi foi 3 dias antes de o comprar.

Sinopse
"Thea e Romy são duas lindas bebés cujo futuro é ditado por uma moeda atirada ao ar. Separadas e vendidas na calada da noite, os seus destinos não podiam ser mais diferentes. Thea é enviada para os Estados Unidos, onde a espera uma vida de privilégio e luxo. Romy é internada num violento e degradado orfanato na Alemanha de Leste. Embora vivam em continentes diferentes, os seus caminhos vão cruzar-se ao longo dos anos, sem que nenhuma conheça a identidade da outra. Mas os seus mundos acabarão por colidir um dia. Face a uma tragédia iminente, com tudo o que lhes é mais querido em jogo, elas têm apenas duas opções: destruírem-se mutuamente ou unirem-se, arriscando as próprias vidas, para descobrir a chocante verdade sobre o seu passado. 

Das vielas decadentes de Londres aos arranha-céus de Nova Iorque, das montanhas geladas da Europa de Leste às exuberantes praias das Caraíbas, duas mulheres unidas pelo poder invisível dos laços de sangue constroem as suas vidas numa luta permanente contra a arbitrariedade do acaso."

Preço: 15,21€

Este livro, desde o momento em que o vi, e graças ao seu título e capa, ficou-me na cabeça. As suas 512 páginas em nada me demoveram no momento da sua compra.


Com já disse noutro post, comprei este livro na Fnac do aeroporto de Lisboa. E mal o comprei fiquei irrequieta para lê-lo. 
No avião li metade, tal era a minha empolgação. É uma história que prende do início ao fim!
Não é aquele livro cor-de-rosa em que é tudo muito floreado, nem é um livro demasiado dramalhão. Muito pelo contrário!
É uma história repleta de humanidade e coragem! Tem descrições muito realistas, em que senti que estava a viver aqueles momentos (o que foi um ponto a favor).

Gostei ainda da história das duas irmãs ser contada em paralelo, e do facto dos acontecimentos não serem previsíveis. O momento em que descobrem que são irmãs é tudo, menos previsível! Podíamos esperar que houvesse um grande dramalhão,mas não é o que acontecesse. Ambas, ao longo da história, lutam para viver e sobreviver. 
A "menina rica" ( tornada americana em bebé) leva uma vida pouco cor-de-rosa, ao contrário do que esperaríamos enquanto que a "menina pobre" (alemã, do leste, desde sempre) após sair do orfanato ascende na vida a custo. Mesmo quando tudo parecia que correria mal, a "menina pobre" continua a reinventar-se.

Além disso tudo tenho ainda a acrescentar que, este livro foi uma caixinha de surpresas. Gosto disso! A autora era uma completa desconhecida para mim, e sou menina para comprar futuros livros da senhora. Para mim, valeu bem a pena a compra!


Classificação: 5/5



1/5 - Muito Fraco; 2/5 - Fraco; 3/5 - Razoável; 4/5 - Bom; 5/5- Muito Bom

Sem comentários:

Enviar um comentário